SUGESTÕES DE CANTOS, HINOS E ANTÍFONAS PARA A SEMANA SANTA (MISSAL ROMANO)

DOMINGO DE RAMOS


Inicia-se a procissão para a igreja onde será celebrada a Missa. À frente, vai o turiferário, caso se julgue oportuno o uso de incenso; em seguida, o cruciferário com a cruz ornamentada, entre dois acólitos com velas acesas; depois, o sacerdote com os ministros, seguidos pelo povo com seus ramos. Durante a procissão, o coro e o povo entoam os seguintes cantos ou outros apropriados, pode-se também usar na leitura entre os cantos por vós escolhidos em forma de repetição, tipo ladainhaAntífona 1
Os filhos dos hebreus
com ramos de oliveira
correram ao encontro
do Cristo que chegava;
cantavam e aclamavam:
Hosana nas alturas!
A antífona pode ser repetida entre os versículos do salmo 23.
Salmo 23
- Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, *
  o mundo inteiro com os seres que o povoam;
- porque ele a tomou firme sobre os mares, *
  e sobre as águas a mantém inabalável.

- "Quem subirá até o monte do Senhor, *
  quem ficará em sua santa habitação?"
= "Quem tem mãos puras e inocente o coração,
   quem não dirige sua mente para o crime, *
   nem jura falso para o dano de seu próximo.

- Sobre este desce a bênção do Senhor*
  e a recompensa de seu Deus e Salvador".
- "É assim a geração dos que o procuram, *
  e do Deus de Israel buscam a face".

= "Ó portas, levantai vossos frontões!
   Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
   a fim de que o Rei da glória possa entrar!"
= Dizei-nos: "Quem é este Rei da glória?"
   "É o Senhor, o valoroso, o onipotente, *
   o Senhor, o poderoso nas batalhas!"

= "Ó portas, levantai vossos frontões!
   Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
   a fim de que o Rei da glória possa entrar!"
= Dizei-nos: "Quem é este Rei da glória?"
   "O Rei da glória é o Senhor onipotente, *
   o Rei da glória é o Senhor Deus do universo!"
Antífona 2
Os filhos dos hebreus
no chão punham seus mantos.
Hosana, eles clamavam,
ao Filho de Davi!
Bendito o que nos vem
em nome do Senhor!
A antífona pode ser repetida entre os versículos do salmo 46.
Salmo 46
- Povos todos do universo, batei palmas,*
  gritai a Deus aclamações de alegria!
- Porque sublime é o Senhor, o Deus altíssimo, *
  o soberano que domina toda a terra.

- Os povos sujeitou ao nosso jugo*
  e colocou muitas nações aos nossos pés.
- Foi ele que escolheu a nossa herança, *
  a glória de Jacó, seu bem-amado.

- Por entre aclamações Deus se elevou, *
  o Senhor subiu ao toque da trombeta.
- Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa, *
  salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!

- Porque Deus é o grande Rei de toda a terra, *
  ao som da harpa acompanhai os seus louvores!
- Deus reina sobre todas as nações,*
  está sentado no seu trono glorioso.

- Os chefes das nações se reuniram *
  com o povo do Deus santo de Abraão,
- pois só Deus é realmente o Altíssimo, *
  e os poderosos desta terra lhe pertencem!
Hino a Cristo Rei
Coro:     Glória, louvor, honra a ti,
    ó Cristo Rei, redentor.
    Sobe a ti piedoso hosana,
    dos pequenos o clamor!

Todos:     Glória, louvor, honra a ti,
    ó Cristo Rei, redentor
    Sobe a ti piedoso hosana,
    dos pequenos o clamor!

Coro:     De Israel rei esperado:
    de Davi ilustre filho;
    o Senhor é que te envia,
    ouve pois nosso estribilho.

Todos:     Glória, louvor, honra a ti,
    ó Cristo Rei, redentor!
    Sobe a ti piedoso hosana,
    dos pequenos o clamor!

Coro:     Todos juntos te celebram,
    quer na terra ou nas alturas;
    cantam todos teus louvores,
    anjos, homens, criaturas.
Todos:     Glória, louvor, honra a ti,
    ó Cristo Rei, redentor!
    Sobe a ti piedoso hosana,
    dos pequenos o clamor!
Coro:     Veio a ti o povo hebreu,
    com seus ramos, suas palmas;
    também hoje te trazemos
    nossos hinos, nossas almas.
Todos:     Glória, louvor, honra a ti,
    ó Cristo Rei, redentor!
    Sobe a ti piedoso hosana,
    dos pequenos o clamor!

Coro:     Festejam a tua entrada,
    que ao Calvário conduzia;
    mas agora que tu reinas
    maior é nossa alegria.

Todos:     Glória, louvor, honra a ti,
    ó Cristo Rei, redentor!
    Sobe a ti piedoso hosana,
    dos pequenos o clamor!

Coro:     Agradaram-te os seus hinos,
    nossos hinos igualmente;
    o que é bom tu sempre acolhes,
    Rei bondoso, Rei clemente.

Todos:     Glória, louvor, honra a ti,
    ó Cristo Rei, redentor!
    Sobe a ti piedoso hosana,
    dos pequenos o clamor!
Ao entrar na igreja, canta-se o responsório seguinte, ou outro canto que se refira à entrada do Senhor em Jerusalém.
Ouvindo o povo que Jesus entrava,
logo o foi encontrar;
com ramos de palmeira, ao que chegava
puseram-se a saudar.
Os filhos dos hebreus Jesus saudavam
com suas vozes puras.
A vida ressurgida anunciavam:
Hosana nas alturas!
Chegando ao altar, o sacerdote o saúda e, se for oportuno, o Incensa. Dirige-se à cadeira (tira a capa e veste a casula) e, omitindo os ritos iniciais, diz a oração do dia da missa, prosseguindo como de costume.TRíDUO PASCAL
A partir do século IV iniciou-se a celebração do Sacratíssimo Tríduo do Senhor crucificado, sepultado e ressuscitado, conforme nos relata Santo Agostinho. Santo Ambrósio de Milão já usara a expressão Triduum Sacrum. A expressão Tríduo Pascal começa a ser usada a partir de 1930. A celebração Eucarística da noite da Quinta-feira Santa e as outras cerimônias, até a Vigília Pascal, formam um conjunto de unidade do mistério pascal que levou o Papa Leão Magno a definir a noite de Páscoa como Pascale Sacramentum.

QUINTA-FEIRA SANTA - CEIA DO SENHOR
Solene Ceia do cordeiro pascal, lava-pés.
A Quinta-feira Santa é um dia de Alegria, Amor e Gratidão. Recorda-se o exemplo de Jesus que quis lavar os pés dos seus discípulos, dando-nos o testemunho de serviço e humildade. Recorda-se principalmente a celebração da Ceia do Senhor, na qual Ele se dá como Pão da Vida e Vinho da Salvação. Foi nessa ceia de despedida que Ele nos deixou o Sacerdócio Ministerial, para a perpetuação de seu Corpo e Sangue no meio de nós como presença de compromisso, partilha e missão.
Cor: Branca