Lições de Maria

26/08/2019

A mãe de Jesus (e nossa mãe) nos ensina muitas lições e nos mostra o que devemos fazer para viver uma vida santa

Ao fazer o anúncio para Maria, o arcanjo Gabriel a saudou como "Cheia de Graça", e isso mostra como a jovem havia sido escolhida por Deus para dar à luz o Salvador.

Mesmo sem saber o que viria pela frente, Maria confiou, e disse: "Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra" (Lucas 1,37). Entregar-se ao plano de Deus é exercer a fé.

O mesmo anjo disse a Maria que Isabel, sua parente de idade avançada, também estava grávida. Sabendo disso, ela foi às pressas visitá-la. Essa é a lição de humildade e de disposição para servir. E, ainda no ventre de sua mãe, Jesus começou a ir ao encontro do seu povo. Maria nos mostra que quanto mais nos colocamos a serviço do próximo, mais nos tornamos canais para que a graça de Deus atue em nós e através de nós.

Quando Jesus tinha 12 anos, José e Maria o levaram até Jerusalém para a festa da Páscoa. Na volta, eles começaram a viagem sem perceber que o filho não estava na caravana. Os dois voltaram e, três dias depois, o encontraram no templo, entre os doutores da lei. Mais uma vez Maria mostra confiança na ação de Deus.

Nas bodas de Caná, ela percebe que o vinho está no fim e intercede junto a Jesus pelos noivos. Assim, Maria assume o papel de intercessora, e diz aos serventes: "Fazei tudo o que ele vos disser" (João 2,5).

Diante da cruz, com toda a dor que uma mãe pode sentir ao ver a morte do filho, ela acolheu e foi acolhida. "Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: 'Mulher, eis aí teu filho'. Depois disse ao discípulo: 'Eis aí tua mãe'. E desta hora em diante o discípulo a levou para sua casa" (João 19,26-27).

E em diversas aparições, Maria pede pela conversão dos pecadores e orações.

Então se queremos aprender com esse modelo de amor, de entrega e de Mãe, devemos seguir seus ensinamentos e fazer tudo que o Filho dela nos ensinou.